cyberbullying
cyberbullying

Não resta dúvidas que a internet tornou o acesso à informação algo muito mais acessível, no entanto, todos os prós vem acompanhado seus contras.

A crença de que a internet é uma terra sem lei faz com que muitos indivíduos se permitam cometer atitudes vistas como ilegais e, mesmo que seja no espaço digital, é importante ter consciência que esses atos podem afetar, tanto psicologicamente quanto fisicamente, as vítimas por trás das telas do celular. Isso claro, além de ser, também, considerado crime, uma vez que são configurados como crimes contra a honra.

O bullying digital, também conhecido como Cyberbullying, é algo recorrente entre crianças e jovens, podendo causar efeitos devastadores, como o isolamento social e problemas psicológicos como ansiedade e depressão, em situações mais graves, pode fazer com que a vítima tenha, até mesmo, a inclinação ao suicidio.

É importante, para evitar situações como essas, conscientizar os jovens enquanto fazem o uso das plataformas digitais, além de claro, monitorar suas ações, principalmente quando  se tratando de menores de idade.

Judicialmente, o cyberbullying é crime e, pode levar o responsável legal do jovem a cumprir pena e/ou indenizar a vítima.

Todo ataque digital fica registrado, sendo assim, mesmo quando os criminosos virtuais se escondem em meio a perfis falsos, é possível identificá-los e localizá-los. Para isso, é recomendado auxílio profissional, uma vez que a investigação necessita de recursos específicos para a eficácia do processo.

O Dr. Jonatas Lucena, especialista em internet e segurança digital, ressalta que é fundamental ir em busca de justiça diante de tais situações, pois apenas dessa forma é possível ir em busca de uma solução satisfatória e tornar o universo digital cada vez mais seguro para seus usuários.

Precisa de auxílio ou tem dúvidas sobre alguma problemática presente na internet? Acesse o site e entre em contato com um especialista: https://www.drjonatas.com.br/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui