Em casos de roubo ou furto de celular, a vítima, por vezes, pode perder mais que apenas um bem material. Os criminosos podem invadir o celular e aplicar golpes maiores, como movimentações de contas e realizações e compras online, dessa forma, é importante agir rápido em casos do tipo.

Pensando nisso, o Procon, Programa de Proteção e Defesa do Consumidor, exibiu a proposta de criar uma central de emergência em casos de roubo ou furto de celulares para agilizar o processo de bloqueio de contas, visando impedir que bandidos consigam invadir e efetuar transações bancárias. 

A junta terá participação tanto de instituições bancárias, telefonia e fabricantes de celulares e visa, com esse processo, otimizar o processo de bloqueio das contas bancárias para evitar maiores transtornos. 

Um caso que ganhou repercussão recentemente foi o roubo de celular do vereador Marlon Luz (Patriotas). Quando, parado no congestionamento da Avenida 23 de Maio, se surpreendeu com um bandido que quebrou a janela de seu carro e efetuou o roubo. Não o bastante, foram contabilizados transferências bancárias no valor de R $77 mil reais. 

Dessa maneira, fica evidente a urgência em solucionar casos desse tipo, uma vez que as ferramentas e técnicas de criminosos estão cada vez mais sofisticadas. Este é mais uma artifício de órgãos reguladores em oferecer maior segurança e comodidade à população.

Nesse sentido, é importante que aja de forma rápida em casos de roubo e furto de celular e para isso, conte com o auxílio de um advogado experiente e qualificado, especializado em Direito Digital. Para tanto, visite o site: www.drjonatas.com.br e entre em contato pelo telefone: (11) 2365-9212. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui