O Direito Digital é, basicamente, a junção do ramo judiciário com o setor tecnológico. Com o advento da internet, houve uma proliferação de crimes cibernéticos, isto é, delitos cometidos no meio digital. Diante desse aumento exponencial, as autoridades e órgãos públicos sentiram a necessidade de implementar normas, no que tange à internet, para impedir o avanço e disseminação de cibercriminosos. 

Além disso, com a pandemia, houve um aumento considerável nos números de cibercrimes. A explicação para esse fato é que a partir da nova dinâmica remota em praticamente todos os setores da economia, os criminosos enxergaram mais uma oportunidade de aplicar golpes e fraudes pela internet. 

Continuamente, os ramos em que há mais intersecção com o Direito Digital são os de Direito Civil, Direito Penal e Direito do Consumidor, porém, vale ressaltar que ele está presente em praticamente todos os ramos jurídicos.

A tecnologia impulsionou e mudou a dinâmica de inúmeros setores da economia. Dessa maneira, ramos como e-commerces no que tange ao empresário, bem como ocomprador. Delitos cometidos através da internet, calúnias e difamações, veiculação de notícias falsas etc, são exemplos de aplicações em que o Direito Digital faz-se necessário.

Além disso, para crimes cometidos na internet, há leis que visam regular e estabelecer limites nesse campo. Por isso, normas que já existiam foram ampliadas para o campo digital, bem como novos preceitos foram criados para conter o avanço e impedir a ocorrência de cibercrimes.

Conceito de prova digital:

Sem a pretensão de se abordar com profundidade o tema sobre a Teoria Geral da Prova, podemos definir a prova como um elemento capaz de dar ciência de um fato a alguém (NETO, JESUS e MELLO, 2014, p. 416).

Além disso, como dito, há ramos do setor judiciário que se intersectam mais com o Direito Digital, contudo, vale ressaltar, que ele pode se relacionar em qualquer âmbito jurídico, uma vez que, hoje, praticamente tudo é feito pela internet. Dessa maneira, esse campo cresce cada vez mais.

O ramo de Direito Digital surgiu naturalmente, desde o advento da internet e seu desenvolvimento, por isso, a transição para esse mercado foi orgânico. Os advogados especialistas em Direito Digital precisam ter um largo conhecimento em ambos os temas: jurídico e tecnológico, para oferecer o auxílio e arcabouço necessários aos seus clientes. Contudo, por ser uma área ainda muito nova, carece de profissionais especializados na área.

Nesse sentido, o escritório de advocacia especializado em direito digital possui as ferramentas necessárias para suprir essa demanda. Dessa maneira, visite o site www.drjonatas.com.br para mais informações e entre em contato com o telefone: (11) 2365-9212 e agende uma visita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui