Crimes virtuais como se proteger
Crimes virtuais como se proteger

Os crimes virtuais estão cada vez mais presentes na vida dos usuários e de empresas. A alta taxa de incidência de crimes cibernéticos mostra a frieza e métodos invasivos de cibercriminosos para efetuarem golpes e fraudes em vítimas que muitas vezes encontram-se vulneráveis. É o caso de vítimas que caem em golpes do WhatsApp, pois ao receberem mensagens encaminhadas com o conteúdo prometendo algum benefício, como auxílio ou cestas básicas, acabam entrando nesses links e preenchendo campos que capturam seus dados. 

Além disso, golpes deste mesmo tipo, os chamados golpes de phishing, também estão presentes em e-mails. Mascarados como instituições sérias e respeitáveis, os criminosos armam uma verdadeira armadilha. No subterfúgio de atualização cadastral ou outros motivos, os criminosos conseguem as informações necessárias para alçar fraudes e golpes em nome dessas vítimas.

Para ambas as situações, especialistas em segurança digital indicam pesquisar as notícias em plataformas especializadas em desvendar se aquela notícia ou mensagem trata-se de um fato ou fake, são elas: E-farsas, Fato ou Fake, Fake Check, Boatos, dentre outros. Além disso, em casos de ligações suspeitas ou e-mails inesperados, ligue na Central de Atendimento da Instituição e procure por mais informações.
Além disso, em casos de contratempos no âmbito digital, procure ajuda de um especialista: o Dr. Jonatas Lucena é um advogado experiente, especialista em Direito Digital e Direito Empresarial, desse modo, com a missão de oferecer maior segurança no âmbito digital, desenvolve trabalhos importantes e traz soluções eficazes para seus clientes. Visite o site www.drjonatas.com.br, entre em contato pelo telefone (11) 2365-9212 e faça um orçamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui