As fraudes acontecem quando um indivíduo decide prejudicar ou tirar proveito de outros. No caso das fraudes bancárias, os brasileiros não se cansam de surpreender, utilizando veículos como ligações, e-mails, hacker de dados e por aí vai.

Veja a seguir algumas delas: 

  • Fraude pela Internet

O infrator envia um e-mail, mensagem ou sms com links comprometedores para outro e, dessa forma, assim que aberto, obtém acesso aos dados bancários. 

Sabendo disso, é de extrema importância se atentar, evitando fornecer dados pessoais a desconhecidos e  preencher formulários alheios. Manter o antivírus atualizado também é fundamental. 

  • Fraude da fatura ou boleto

A vítima paga o boleto falsificado, acreditando que o pagou corretamente, no entanto, o dinheiro foi para o cibercriminoso. 

A dica é tentar sempre manter os pagamentos em débito automático e conferir o código de barras, os números devem corresponder ao nome do banco no título. 

Segundo o advogado Dr. Jonatas Lucena, assim que a fraude for identificada, a vítima deve contatar o banco imediatamente e procurar uma delegacia para registrar um Boletim de Ocorrência.

Quando o dinheiro não é devolvido, é importante ter o auxílio de um advogado, que poderá entrar com uma ação judicial. 

O Dr. Jonatas Lucena recomenda ainda que, além das dicas já apresentadas anteriormente, redobre sua atenção com seus documentos, informe seus dados apenas para sites confiáveis e atente-se com compras na internet, principalmente quando o valor do produto está muito abaixo do que costuma ser. 

Precisa de ajuda? Acesse: www.drjonatas.com.br e entre em contato pelo WhatsApp: (11) 2365-9212. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui