Dr. Jonatas Lucena
Dr. Jonatas Lucena

Com o anúncio do metaverso no final de 2021, o mundo se viu numa nova expectativa da realidade virtual. Para o advogado especialista em metaverso, Dr. Jonatas Lucena, essa nova plataforma surge para revolucionar a internet e aproximar ainda mais o mundo físico do digital, criando um novo meio de conexão entre os usuários. 

Já imaginou um espaço virtual integrado, isto é, uma tecnologia capaz de compartilhar e inserir pessoas e coisas reais em um universo digital? Esse é o intuito do metaverso. De acordo com o advogado Dr. Jonatas Lucena, trata-se de uma tecnologia que converge a internet, realidade virtual e física numa versão aprimorada. Assim, trata-se de uma plataforma que promete revolucionar o que os usuários entendem por conexão, criando possibilidades de usos avançados para trabalho, entretenimento, comunicação e educação. 

Com a promessa de revolucionar o modo como utilizamos o ambiente online, o metaverso surge como uma expectativa de transformação do cotidiano, com altos investimentos sendo direcionados a essa nova realidade que promete chegar em pouco tempo ao alcance da vida dos usuários da internet. Assim, após a empresa Facebook ter seu nome alterado para Meta, diversos setores da sociedade ficaram curiosos quanto ao surgimento dessa plataforma.

Mas, afinal, quando surgiu o metaverso?

Acredite, a ideia do metaverso não é atual, muito menos foi criada por Mark Zuckerberg. Segundo o advogado especialista em metaverso e em crimes digitais, o termo surgiu em 1992 no livro Snow Crash de Neal Stephenson. A história do livro é permeada pela possibilidade que os personagens possuem de escapar da realidade cotidiana por meio de um acesso que os ligam a demais universos. Ou seja, as personagens adentram o metaverso e, a partir dele, vivem uma nova realidade por meio do ambiente virtual. 

Ao contrário do que muitos pensam, o metaverso não vem sendo experimentado somente nos dias de hoje, desde o período, grandes empresas tentaram fazer com que a plataforma criasse vida e saísse da teoria e, principalmente, da ficção do livro. Contudo, até o presente momento, não houveram acertos efetivos para que o metaverso funcionasse.

Algo que se aproxima da ideia do metaverso são os jogos de realidade virtual que buscam trazer uma experiência imersiva para os jogadores. Entretanto, na visão do advogado Dr. Jonatas Lucena, há uma limitação da tecnologia que não permite que os jogos alcancem uma experiência total que invada a realidade.

E esse rompimento da barreira entre mundo físico e digital é justamente o que os grandes investidores do metaverso tentam romper nos próximos anos, por meio do aprimoramento de tecnologias já existentes, como os óculos de realidade virtual, e da criação de novos softwares e hardwares que deem base para o funcionamento do metaverso. 
Assim, enquanto essa realidade segue em fase de testes e na expectativa de muitos, é ideal se manter informado, conhecer seus impactos e transformações para estar pronto para essa nova tecnologia. Para saber mais sobre o metaverso ou tirar dúvidas quanto às questões jurídicas que permeiam a nova realidade, não deixe de entrar em contato com o advogado Dr. Jonatas Lucena pelo telefone (11) 2365-9212 ou através do site: www.drjonatas.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui