Você sabia que há formas de descobrir quem criou perfil falso no Twitter? O Dr. Jonatas Lucena, especialista em cibercrimes nos conta que, com ajuda profissional é possível identificar quem está por trás dos perfis falsos. Veja: 

Os delitos cometidos na internet, por mais que não seja de conhecimento geral, já eram tipos previstos no código penal desde antes da internet ganhar espaço. Sendo assim, cometer crimes contra a honra (calúnia, injúria e difamação), mentir sobre ou se apossar de outras identidades e ameaçar outrem podem e serão julgados pela jurisdição da mesma forma que seriam fora do meio virtual. (Art. 130°, 139°, 140°, 147°, 307° do CP)

Vale ressaltar também que existem leis específicas para os internautas, entre elas: 

  • Lei do marco da internet (n°12.965 de 2014): “Lei que estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para o uso da internet no Brasil e determina as diretrizes para atuação da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios em relação à matéria.”
  • Lei Carolina Dieckmann (n°12.737 de 2012), que: “Dispõe sobre a tipificação criminal de delitos informáticos e dá outras providências.”
  • Lei 12.735/12 que determina a instalação de delegacias especializadas para o combate de crimes digitais.

O advogado, assim que acionado, entra em contato com a plataforma na qual foi utilizada como veículo do crime e, a partir daí, tem acesso às informações do indivíduo criminoso – sendo o endereço IP- que leva-o até a localização, nome e provas do crime cometido. 

Se você está sendo vítima de um cibercrime, saiba que há como descobrir quem criou perfil falso. Não hesite em procurar auxílio qualificado para sua situação. A advocacia especializada em crimes virtuais, visa por sua segurança no âmbito online, e está a seu dispor. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui