Jonatas Lucena
Jonatas Lucena

Já imaginou comprar roupas virtuais? Como o metaverso se insere no mundo da moda? O advogado especialista em metaverso, Dr. Jonatas Lucena entende que a tendência é que haja uma revolução digital no setor, abrindo novas possibilidades de comercialização, jamais vistas. Além disso, vale citar a sustentabilidade que rodeia esse âmbito e os impactos dessa nova realidade na sociedade. Por isso, se possui interesse ou curiosidade no assunto, leia o artigo até o final e compreenda melhor a temática.

Mas você compreende o que significa o metaverso? Trata-se de um universo digital que tem por finalidade replicar a realidade, por meio de tecnologias integradas que abrangem a realidade aumentada, realidade virtual e o próprio advento da internet. A ideia, como explica o Dr. Jonatas Lucena, é permitir que os internautas possam realizar interações sociais cada vez mais realísticas, por meio de avatares.

Lançado em 2021, muito recentemente, o metaverso ainda está em constante evolução, uma vez que as grandes corporações tecnológicas necessitam investir em meios para tornar esse mundo uma “realidade”. Conforme menciona o advogado especialista em metaverso, Dr. Jonatas Lucena o metaverso se popularizou com a mudança da empresa Facebook, que passou a receber o nome de Meta, após o empresário Mark Zuckerberg ter investido no segmento e projetado aplicações para 2031.

E como a moda se insere nesse contexto?

Por ser uma tendência global, muitas marcas de moda estão investindo nesse espaço que segue sendo propício para a comercialização de peças e acessórios. Mas você deve estar se perguntando como é possível comprar algo que não tenha um acesso real? O Dr. Jonatas Lucena considera que os NFTs (tokens não-fungíveis), uma espécie de realidade estendida do metaverso, permite que compras sejam feitas e que o acesso seja restrito à nuvem.

Mas como eu vou usar esses produtos?

Há diversas possibilidades, dentre elas podemos citar os vestuários dos avatares de jogos virtuais. Caso você não saiba, a marca Louis Vuitton foi a pioneira no ramo, lançando uma colab de skins para serem usadas pelos avatares do jogo League of Legends. O advogado especialista em metaverso, Dr. Jonatas Lucena cita que a plataforma Roblox vem sendo muito usada nesse contexto, como parceira das marcas, permitindo que peças e coleções sejam lançadas em ambientes virtuais.

Ademais, as peças e acessórios podem ser usados nas redes sociais por exemplo, em que alteramos nossa imagem com elementos irreais comprados, inserindo eles em nossos próprios avatares. Essa amplificação da experiência real, acaba criando um novo conceito de realidade que permitirá ao usuário utilizar trajes virtuais protegidos por criptografia. Como pensa o Dr. Jonatas Lucena essa “gamificação” do metaverso não está longe de se tornar concreta e atingível.
Interessante como o metaverso, mesmo que não esteja completamente lançado, já vem propiciando experiências remotas revolucionárias. Entretanto, é importante se atentar aos perigos que circundam esse universo, haja vista que por ser um espaço novo, deixa os internautas vulneráveis a crimes virtuais. Por isso, não deixe de consultar o advogado especialista em metaverso, Dr. Jonatas Lucena, para ficar por dentro de todos os riscos e oportunidades desse mundo virtual, além de ter conhecimento dos seus direitos digitais. Sendo assim, entre em contato com o escritório pelo telefone (11) 2635-9212 ou pelo site: www.drjonatas.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui