Dr. Jonatas Lucena
Dr. Jonatas Lucena

A internet é um meio muito utilizado por golpistas para disparar ataques cibernéticos com intuito de furtar dinheiro. De acordo com o Dr. Jonatas Lucena, advogado especialista em crimes virtuais, os métodos são variados e podem partir de diversas formas, inclusive, por meio de um golpe romântico, em que o cibercriminoso engata um relacionamento virtual falso com a vítima. 

Infelizmente, os golpes românticos são muito comuns devido a quantidade de pessoas que estão em busca de relacionamento e utilizam o meio virtual (sites de relacionamento, aplicativos ou mídias sociais) para encontrar um parceiro. Mesmo que seja possível conhecer novas pessoas e estabelecer uma relação, esse tipo de movimento virou uma brecha para os hackers. 

Por isso, o Dr. Jonatas Lucena informa que aqueles que estão em busca de um relacionamento amoroso e utilizam o meio virtual como ferramenta de busca, devem estar atentos aos sinais de alertas que golpes românticos levantam. Confira, a seguir, quais são eles:

  1. Perfil Falso

Para que o golpe funcione, o golpista precisa construir uma identidade falsa crível para a vítima. Esses perfis seguem alguns critérios similares que permitem a identificação de um fake, como: foto de perfil atraente e que chama atenção da vítima; inclusão de poucas fotos; o usuário não vive nem trabalha perto de você; em caso de redes sociais, o perfil apresenta uma quantidade baixa de amigos. 

  1. Desenvolvimento acelerado da relação

O próximo sinal de um possível golpe romântico é o desenvolvimento acelerado que o relacionamento toma. O Dr. Jonatas Lucena explica que o golpista almeja construir uma conexão emocional acelerada com a vítima, com intuito de partir para a próxima fase. Por isso, se declaram após pouco tempo de conversa e tendem a elogiar incansavelmente a vítima, como um modo de dar a ela toda atenção possível. 

  1. Convite para outra plataforma

Segundo o advogado perito em Direito Digital, Dr. Jonatas Lucena, outro aspecto que levanta suspeita é o convite para que a conversa siga em outro aplicativo, em especial, o Whatsapp. Isso é feito para que o criminoso evite o escrutínio de processos impostos por sites e aplicativos de relacionamento, possibilitando que ele solicite também informações pessoais da vítima. 

  1. Recusas de vídeo-chamadas

Se estiver suspeitando que o envolvimento romântico se trata de um golpe, tente realizar uma videochamada por meio do Google, por exemplo. Isso porque, os golpistas não aceitarão o convite, já que não possuem a mesma face do perfil criado. Contudo, ao realizar esse movimento, configure a câmera ou webcam para protegê-la de um possível hackeamento. 

  1. Promessas de visitas não cumpridas

O advogado Dr. Jonatas Lucena compreende também que, como um modo de reter as vítimas, os cibercriminosos tendem a prometer encontrar suas vítimas pessoalmente, desmarcando em cima da hora com um evento emergencial para justificar o fato de não poderem aparecer. 

  1. Solicitação de dinheiro emergencial

Por fim, o Dr. Jonatas Lucena reforça que o grande alerta de crime cibernético é a solicitação de dinheiro. Seja uma pequena ou grande quantia, desconfie e não empreste! Usualmente, os criminosos, que são excelentes manipuladores e contadores de histórias, irão solicitar dinheiro para uma emergência relacionada com a identidade falsa criada.
Com todas essas dicas, fica mais fácil identificar se um outro usuário é mesmo uma pessoa real ou não. Atente-se a essas dicas antes de se relacionar pela internet e consulte um especialista em crimes virtuais em caso de dúvidas, como o advogado Dr. Jonatas Lucena. Saiba mais no site www.drjonatas.com.br  ou ligue para (11) 2365-9212.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui