Dr. Jonatas Lucena
Dr. Jonatas Lucena

Sabemos que a principal ferramenta utilizada nesse novo universo virtual é o avatar, não é mesmo? Como explica o advogado especialista em metaverso, Dr. Jonatas Lucena, a ideia do metaverso é replicar a realidade por meio de uma integração de três tecnologias: realidade aumentada, realidade virtual e o advento da internet. Todavia, muitos se perguntam: o que são os avatares e qual o  seu papel na interação virtual desse novo espaço?

Entendendo melhor o metaverso

Tendo seu conceito inaugurado em 1992, por meio de uma novela norte-americana, o metaverso só passou a se popularizar em 2021 e ainda está sofrendo constantes inovações para ser propriamente lançado. Na visão do Dr. Jonatas Lucena, a ideia desse espaço virtual é proporcionar experiências jamais vistas pelos internautas, que vão poder interagir e realizar atividades rotineiras, por meio de avatares.

Mas o que são avatares?

O termo avatar tem origem na religião hindu, em que significa a manifestação corporal de um ser dito imortal. Todavia, quando trazemos esse conceito para o ambiente virtual, vemos que o seu significado é outro, fazendo referência à representação do usuário por meios virtuais, como em jogos por exemplo. Assim, conforme o advogado especialista em metaverso, o avatar é uma animação que serve para interagir nesse espaço animado.

Agora quando falamos do avatar no metaverso, estamos nos referindo a uma identidade digital do usuário, para que ele possa transitar nesse espaço e interagir socialmente com os outros internautas. O advogado Dr. Jonatas Lucena compreende que podemos citar como exemplo o  Facebook se transformando em Meta, possibilitando que os usuários realizem atividades por meio de seus avatares, nas plataformas criadas.

Como funcionam os avatares?

É possível ilustrar os avatares, com a tendência do Bitmoji, você se recorda? Neste caso, os avatares eram criados por meio da tecnologia 2D, todavia com a inauguração do metaverso, os avatares se tornaram 3D, fazendo da experiência virtual uma vivência mais real e personalizada para cada usuário. Nesse contexto, o advogado especialista em metaverso menciona que o mais interessante disso é que o próprio usuário pode personalizar o seu avatar.

Além de proporcionar um espaço virtual jamais visto, o metaverso possibilitará ainda que o usuário transite por esse universo da maneira que achar melhor. Sendo assim, o usuário pode  optar por fazer uma réplica dele para o mundo online, tomando a forma do seu corpo, do seu cabelo, da sua face e até mesmo das roupas e acessórios que utiliza na realidade. Com isso, podemos perceber que todo esse universo virtual será também humanizado, atendendo as necessidades dos usuários.
Entretanto, é importante se atentar aos perigos desse avanço tecnológico. Com o uso do metaverso, os usuários ficarão mais expostos ao ambiente virtual, dando espaço para que suas informações pessoais sejam vazadas, por exemplo, e que consequentemente deixem-os sujeitos aos crimes virtuais. Assim, se deseja compreender mais sobre sua cibersegurança, para que possa se inserir no metaverso sem grandes preocupações, entre em contato com o advogado especialista em metaverso, Dr, Jonatas Lucena pelo telefone (11) 2365-9212 e pelo site: www.drjonatas.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui